O trabalho de experimentação de novas castas, marca que distingue a Herdade Grande, graças à inspiração do nosso fundador, António Lança, tem conferido ao mercado vinhos de grande originalidade, que proporcionam novas expressões do carácter alentejano e, em particular, do terroir desta casa centenária da Vidigueira. As novidades prosseguem. Os novos Herdade Grande Grande Reserva acabam de ser lançados e são o mais recente exemplo da distinção – e da qualidade e consistência – resultante desta abordagem que funde tradição e experimentalismo.

A primeira grande novidade é o Herdade Grande Grande Reserva Tinto 2018. Este é o primeiro Grande Reserva tinto da casa, desde a colheita de 2015. E igualmente o primeiro assinado pelo enólogo Diogo Lopes. E o seu novo perfil é marcado por uma casta que António Lança implementou de forma pioneira na Vidigueira, o Sousão. “Esta variedade impôs-se de forma extraordinária no nosso terroir. Recordo o varietal Sousão da colheita de 2017, vinho que que se revelou um verdadeiro sucesso e que veio apontar todo o potencial desta casta. Agora continuamos literalmente a colher os frutos da visão do meu pai. O nosso novo Grande Reserva tinto surge igualmente valorizado pelo Sousão, uma casta já estruturante no nosso portfólio”, afirma Mariana Lança, diretora geral da Herdade Grande.

Ao mesmo tempo chega ao mercado o Herdade Grande Grande Reserva Branco 2019. Este vinho prossegue o trabalho de castas igualmente improvável desenvolvido por Diogo Lopes a partir da colheita 2018, com Viosinho, Rabigato e Arinto. “Desta forma, a nossa gama Grande Reserva fica assim completa com dois vinhos que assumem um novo perfil e que reafirmam o patamar de exigência e distinção no qual se posicionam. Estamos muito orgulhosos com estes vinhos”, termina Mariana Lança.

 

Diogo Lopes, enólogo da Herdade Grande, apresenta as novas referências:

Herdade Grande Grande Reserva Tinto 2018

“É um vinho muito especial, a todos os níveis. Destaca-se, desde logo, pela cor e pelo nariz enigmático, que revela a excelente fruta e a boa integração da madeira nova. Depois mostra uma prova surpreendente, pela frescura e equilíbrio, para a qual muito contribui os 30% de Sousão que estão no lote. É um vinho que parece interminável, um grande tinto”.

Castas: Alicante Bouschet (60%), Sousão (30%) e Tinta Miúda (10%)

Herdade Grande Grande Reserva Branco 2019

“O timing da vindima procurou mais uma vez salvaguardar a melhor expressão de um lote de castas que tem um comportamento apaixonante nos solos xistosos da Herdade Grande. Estas variedades garantem excelente acidez e o vinho é todo ele frescura e mineralidade, num conjunto de enorme equilíbrio. Um branco especial, com untuosidade, complexidade e elegância”.

PVP recomendado: 18,50€